FINAL DO PAULISTÃO 2014 – Com aula de futebol Ituano bate o Santos FC por 1 a 0 e coloca uma mão no troféu

FINAL DO PAULISTÃO 2014 - Com aula de futebol Ituano bate o Santos FC por 1 a 0 e coloca uma mão no troféu - Aranha minimizou a derrota: "Faltou o gol, não sei se tinha que ser do atacante, do goleiro, mas o que faltou foi o gol" - Foto: William Camargo/Folha Paulistana

FINAL DO PAULISTÃO 2014 – Com aula de futebol Ituano bate o Santos FC por 1 a 0 e coloca uma mão no troféu – Aranha minimizou a derrota: “Faltou o gol, não sei se tinha que ser do atacante, do goleiro, mas o que faltou foi o gol” – Foto: William Camargo/Folha Paulistana

Atualizado em 7/04 – Foi disputada neste domingo (6) a primeira partida da final do Paulistão Chevrolet 2014 (Campeonato Paulista). O que se viu foi um jogo de um time só. O Ituano deu aula de futebol, foi superior durante os 90 minutos e conseguiu conquistar a vitória sobre o Santos FC e colocar uma das mãos no troféu do Paulistão 2014.

Com domínio pleno da partida, o time de Itú conseguiu anular todas as jogadas ofensivas do Peixe, que aliás, diga-se de passagem, foram muito poucas e a realidade foi uma só: O Ituano sobrou em campo, enquanto que o Santos FC se deu ao luxo até de perder pênalti.

No final do jogo, quando entrevistado, o goleiro Aranha minimizou a derrota do Santos e afirmou que o Peixe esteve no ataque o tempo todo pressionando e o que faltou foi somente mesmo o gol. “Faltou o gol, não sei se tinha que ser do atacante, do goleiro, mas o que faltou foi o gol” resumiu o arqueiro santista.

Um time envolvente, com um golaço de Cristian que aos 20 minutos do primeiro tempo depois de receber passe de Esquerdinha nas costas da marcação e abriu o placar para o Galo de Itú.

Publicidade Folha Paulistana

Ainda no primeiro tempo, Cícero teve a chance de empatar para o Santos, mas isolou a bola, que quase chegou na praça Charles Miller.

No segundo tempo o técnico Oswaldo Oliveira tentou as mesmas substituições que garantiram o Santos na final, mas como disse o grande Luciano do Vale, “não é todo dia que tem pão quente não”. O Craque Neto, comentarista da Rede Bandeirantes de Televisão não gostou da arbitragem, principalmente no primeiro tempo. No segundo tempo, o jogo Banho Maria imposto pelo Santos, não criou maiores dificuldades para a arbitragem.

Para o segundo e último jogo da final do Paulistão Chevrolet 2014, no domingo (13), também no estádio do Pacaembu, o Ituano entra em campo podendo empatar por qualquer placar. Vitória do Santos por apenas um gol de diferença leva a decisão para os penaltis. O Peixe só pode ser campeão sem as penalidades máximas se conseguir vencer o Galo de Itú por mais de dois gols de diferença.

Última partida da Final do Campeonato Chevrolet Paulista 2014:
Domingo dia 13 de abril de 2014
Local: Estádio Paulo Machado de Carvalho (Pacaembu)
Horário: 16 horas.
Motivo: Santos X Ituano

Por William Camargo/Folha Paulistana

Like it? Share it!